21.11.07

Hitchens no spa 2, a ressurreição

Hitchens ataca novamente na Vanity Fair descrevendo os tratamentos que farão dele um "novo Christopher" sabe-se lá quando. Parar de fumar e beber, menos tártaro, menos comida – e menos pêlos.

Calejado no Iraque, no Afeganistão e em outras guerras, nosso correspondente enfrenta desafio comparável a Saddam e o mulá Omar: se entrega às mãos impiedosas das brasileiras do J Sisters, o salão de depilação mais conceituado dos EUA.

"Fui levado a um cubículo com dois potes de cera derretida e instruído a chamar quando tivesse me despido e coberto minhas partes com uma pequena toalha. Então chega Janea Padilha, a criadora do procedimento. Ela retirou a exígua cobertura e, em vez engasgar, ou assoviar, como esperava, perguntou secamente se queria algum "penteado". Como é que é? Qual era a idéia? Um coração, um padrão tigrado talvez, na pista de pouso? Desdenhei de qualquer coisa tão feminina e friamente pedi que fizesse "a sunga".

Levando em conta que nosso pelado jornalista louvou a capacidade de abraçar o ridículo do recém-falecido Norman Mailer, acho que dá para ter uma pista do caminho a seguir. Vejamos se vira bobagem.

2 comments:

ricardo cutz said...

pô vc não atualiza esse blog não...

as massas estão sedentas por informações...

ahhh falando de algo q não seja o che...

Douglas said...

Já, já, velhinho, já, já...